Categorias
Saúde

Como a obesidade afeta a saúde sexual dos homens

Descubra se é verdade que a obesidade afeta a saúde sexual, mesmo que seja apenas em alguns casos em concreto.

obesidade e disfunção erétil

Quando uma pessoa tem excesso de peso, os conhecidos como quilos a mais faz mal à saúde e podem trazer uma série de complicações ou doenças associadas. Nem sempre é assim, nem muito menos, e até mesmo são patologias que aqueles que estão magros podem ter por uns ou por outros motivos. A saúde sexual, no caso dos homens, não tem porque ser condicionada por se está mais ou menos gorda. Isso no terreno físico, mas o psicológico é outra coisa.

A obesidade tem um impacto nas condições físicas, em que se encontrariam certas doenças que costumam vincular com ela, mas, sobretudo, outras psicológicas e sociais, que têm que ver com a forma que você acha que é vista pelo resto da sociedade. Você pode limitar suas atividades ao ar livre, fazer com que se oprime e até mesmo resultar em uma depressão e impotência sexual.

Obesidade e Problemas psicológicos

Isso acontece no dia-a-dia, quando uma tem medo de ir comer com os amigos pelos comentários que possam fazê-lo ou por olhares que possa receber de outras mesas. O mesmo se decidir entre uma ou outra peça de roupa e o faz pensar se ele vai ser aceito pelo resto da sociedade. São temores às vezes infundados, mas outras nem tanto, uma vez que existe uma forte rejeição aos quilos a mais, o que se traduz em levar a civilização para aquelas pessoas que os têm.

Se um pode se sentir mal por comer um sorvete na rua, imagine o que pode representar para ela se despir diante de outra pessoa e ter relações sexuais com ela. Medo, insegurança, rejeição a seu próprio corpo, são apenas algumas das sensações que se pode ter e que afetam a sua saúde sexual. Isso sem contar o estresse antes do sexo, durante o mesmo e até mesmo posterior.

Por isso, é importante emagrecer para evitar todos estes problemas e efeitos colaterais que o excesso de peso causa na vida sexual dos homens.

A importância da auto-estima

efeitos colaterais faz mal a saudeE isso, como não poderia ser de outra forma, influencia seriamente na sua vida sexual. Tanto é assim que pode chegar a limitar, que evite o sexo para não ter que lidar com esses medos. Na hora de ter um encontro com outra pessoa é muito importante a auto-estima, se sentir bem consigo mesma, você vai aproveitar muito mais, isso não há dúvida. E a obesidade faz muito contra nossa auto-estima.

Tanto que pode chegar a desistir da vida sexual, de tal modo que não queira ficar nu perante outros por medo de ser julgada, por medo de não oferecer o que você acha que está procurando, por se não pode e por medo de não passá-lo você muito bem.

Isso sem contar nos efeitos colaterais que a doença causa e a preocupação se a outra pessoa pode suportar o seu peso ao colocar-se acima ou se não tem a flexibilidade suficiente para praticar umas ou outras posturas. Quando o sexo se torna toda esta série de preocupações que podem ocorrer até mesmo casos de que a libido fica baixa, chegue a desaparecer.

De fato, a auto-estima é tão importante que, ao perder alguns quilos, as pessoas tendem a se sentir melhor com seu corpo, mais bonita e capaz de fazer mais coisas. Se você se vê acha melhor que os outros também o farão. Isso, na saúde sexual, traduz-se em ter mais vontade e menos medos, sentir-se mais livre e menos condicionado para fazer sexo e sentir que não tem medo na hora de colocar mãos à obra.

No caso da saúde sexual dos homens

No caso dos homens, e como a obesidade afeta a sua saúde sexual e há alguma diferença. Por um lado o fato de que, geralmente, o seu aspecto físico não lhes chega a condicionar as mulheres, mas sim tem um impacto de outro tipo.

De acordo com vários estudos que têm quilos a mais são mais propensos a produzir menos testosterona. Isso está associado com a libido e a qualidade da ereção, chegando a dar-se casos de disfunção erétil. Aqui, novamente, entra o jogo o fator psicológico. Se você já teve um ou dois casos de impotência você pode sentir-se inseguro perante o sexo com sua parceira, chegando até a evitá-lo.

Que a obesidade afeta a sua maneira de enfrentar o sexo e a intimidade com outras pessoas depende, em grande medida, da percepção física que tenha de seu corpo e os medos que isso lhe gere. Se superar a disfunção erétil você pode ter uma vida sexual plena, sem limitações de qualquer tipo.

Saiba mais sobre como superar problemas de ereção, no instagram:

https://www.instagram.com/getchefd/